sábado, 19 de abril de 2008

Teoria - Adão e Eva

Existe uma teoria muito interessante que relaciona Jack e Kate a Adão e Eva. Agora que sabemos que o nosso casal consegue sair da Ilha, e em algum momento da trama existe a possibilidade de retorno, essa teoria se torna bem provável.

Tudo começa quando Kate encontra, no episódio House of the Rising Sun, dois esqueletos, que mais tarde são batizados de Adão e Eva por Locke.


Tomando conhecimento da história da Bíblia, é inevitável surgirem comparações. Todos sabem que Eva foi feita da costela de Adão, não foi tirada da cabeça do homem para mandar nele, nem foi tirada dos pés para ser sua escrava; mas foi tirada do lado, para ser sua companheira. Por falar em ‘costela’, alguém se lembra onde ficava o ferimento de Jack no episódio piloto?


Bem próximo às suas costelas. Em seguida, Kate sai de dentro da mata para costurar o corte, selando assim, uma relação de companheirismo e cumplicidade.


Voltando ao 1x06, Jack, Kate, Charlie e Locke partem em uma jornada para encontrar o vale, que Jack achou em White Rabbit. Depois de Charlie pisar em uma colméia de abelhas, Jack e Kate correm, se despindo, e encontram as cavernas.


Jack e Kate estão seminus quando fazem a descoberta. Podemos comparar ao modo como viviam Adão e Eva, não podemos?

No final desse episódio, Jack pergunta para Kate se ela vai ‘morar’ com ele nas cavernas. A resposta categórica de Kate é a seguinte: ‘I don’t want to be Eve.’. Referência mais que direta à teoria.

E a primeira temporada avança, tendo Jack e Kate como o casal líder da série. Na segunda temporada, a ligação entre eles fica mais forte, até culminar no primeiro beijo, What Kate Did.


Jack acalma Kate, que, encantada com a atitude do doutor, responde dando-lhe um beijo passional. E o cenário escolhido para essa cena tão memorável foi um jardim, que faz uma lembrança ao lugar onde Adão e Eva moravam, o Jardim do Éden.


Na Bíblia, Adão e Eva são expulsos do Paraíso, por terem comido o fruto proibido, e segundo O Primeiro Livro de Adão e Eva, vão morar em cavernas. (Onde os esqueletos estavam mesmo? :D) O livro diz que ambos sofreram muito, e constantemente tentavam voltar ao Paraíso.

Ainda não sabemos em que circunstâncias Jack e Kate deixaram a Ilha. De certo, no começo, Jack tentou seguir com sua vida, e até recusou o que Hurley disse a ele, em The Beginning of the End. Também não sabemos como Jack se torna um viciado em remédios e alcoólatra. Ele procura Kate, que cuida de Aaron, e pede a ela para voltar à Ilha, pois eles cometeram um erro.


Adão tentou se matar após ter deixado o Jardim, assim como Jack na season finale, Through the Looking Glass.

“Adão disse novamente a Eva: ‘Que é nosso corpo hoje comparado ao que era em dias passados, quando habitávamos no jardim?’”

Em 1667, um poeta chamado John Milton escreveu um poema, “Paradise Lost”, que faz referência a Adão e Eva. Ele descreve Adão como um ser forte, inteligente, racional, e antes da Expulsão, perfeito como um humano poderia ser. Quando estava fora de si, tomava atitudes irracionais. Muito parecido com Jack, devido à sua profissão. E durante as temporadas, acompanhamos um processo que tornou Jack mais humano, sujeito a erros e falhas. Já Eva é descrita como inteligente, mas ao contrário de Adão, não está ansiosa para aprender, pois prefere que ele lhe ensine depois. Ela se arrisca dando ouvidos à Serpente. Kate vive de forma intensa, correndo riscos constantemente, mas acreditando neles.

Eva, ao comer o fruto proibido, sabe que está fazendo a coisa errada, porque Deus lhe ordenou o contrário. Ela informa a Adão, que não a deixa sozinha e come o fruto. Vimos situações parecidas em vários momentos, como a descoberta da escotilha, em Man of Science, Man of Faith. Kate entra lá, e Jack, minutos depois, vai atrás dela. Momentos bons ou ruins, eles sempre estão juntos, compartilhando e enfrentando tudo. (They have struggled to survive together...)

Um trecho do Islamic Quran, traduzido por Fabi:
“A mulher foi criada de uma costela e de nenhuma maneira será endireitada por você; então se você deseja ajudá-la, ajude-a enquanto o torto ainda permaneça nela. E se você tentar endireitá-la, você a quebrará, e quebrá-la é divorciar-se dela.”

Jack e Kate já passaram mais ou menos por isso, muitas vezes. Em Whatever the Case May Be, ela o engana, escondendo a chave que abriria a mala Halliburton. Jack, obviamente, fica magoado. Em The Hunting Party, Jack pede que ela fique no acampamento, mas Kate o desobedece e ‘estraga’ seu plano. “Eu não sei do que você é capaz", frase dita por Jack em Born To Run, resume bem o começo da relação entre os dois.

Se Jack tentar moldá-la ao seu jeito, ele a quebrará. Nas vezes que ele tentou ‘consertá-la’, eles sempre acabavam brigando e se desentendendo. O certo é que Jack aceite como ela é. Que, de certo modo, é o que ele vem fazendo. Ao saber que Kate o abraçou para pegar o telefone, em The Beginning of the End, ele já não fica com raiva, assume que ela fez certo.

De um modo geral, as comparações existentes entre Adão/Eva com Jack/Kate são inegáveis. E levando em consideração que existem muitas referências bíblicas em LOST (Nomes, acontecimentos...), os produtores poderiam ter se inspirado no primeiro casal da humanidade para compor a história de Jack e Kate.

Agora o que nos resta é acompanhar os próximos capítulos, saber como Jack e Kate saem da Ilha e como suas vidas são reconstruídas.

Fonte:
- Lostpedia
- Wikipedia
- Lost Forum

3 comentários:

ana paula disse...

Muito profunda e bem feita análise meninas. Realmente faz a gente pensar. Os próprios nomes escolhidos para os personagens - JACK e KATE (curtos, simples e fortes) já remetem a ADÃO e EVA!

Vou refletir primeiro pq tem muita informação e muita coisa para ligar mas já digo que faz muito sentido sim e o mais importante nisso tudo é que os roteiristas desde o início, dão muita importância para a fundamentação histórica dos personagens e da história como um todo. A própria Kate já referiu que era mais religiosa qdo pequena e que tinha os nomes religiosos ainda na mente (qdo encontrou c Cassidy).
Talvez eles não sejam os esqueletos mas com certeza sua história tem muito a ver com a do primeiro casal da humanidade!

Parabéns! E uma dica: continuem a pesquisa que muita coisa ainda pode ser retirada desse assunto!

Bjos espetaculares!!!

*Sa* disse...

Eu estou assustada com tanta semelhança... vou até ver o tal ep de novo! rsrsrs

Sério... Jate/ Adão e Eva... tá cada dia mais perfeito! rs

Karen J. Jate is Fate!!! disse...

Excelente! Adorei a comparacao e faz muito sentido...alias a cada avanco de LOST percebemos o qto temos referencias ao OTP da serie... Jack e Kate podem ser considerados o exemplo de 1o casal da humanidade e tal qual eles sao perfeitos e confusos a seu modo!

Sera q o Locke acertou msm nessa?
resta esperar...
ah... ainda temos q procurar as pedrinhas preta e branca lembram?

bjsss